6 coisas pra você aprender em O Sol Também é uma Estrela


O Sol Também é uma Estrela da Nicola Yoon foi lançamento recentemente pela Editora Arqueiro e trata de temas polêmicos, mas de uma forma doce e encatadora. É muito amor transbordando nas entrelinhas.



A autora também escreveu Tudo e Todas as Coisas que foi lançado no Brasil por outra editora e está ganhando uma adaptação cinematográfica.

Resolvi destacar alguns tópicos que são abordados e são importantes na história, caso alguém tenha observado ou queira deixar sua opinião, só deixar o comentário!

IMIGRAÇÃO
No livro somos levados a conhecer um pouco da realidade dessas pessoas que deixam o seu país, a sua família e a sua cultura em busca de prosperidade em um outro lugar onde muitas vezes, eles não são bem recebidos. É uma realidade cruel, é a busca da sobrevivência que parte e as vezes destrói vidas.

RACISMO
Natasha e Daniel são uma amostra do que é a discriminação, preconceito e o impacto da segregação de culturas. Uma jamaicana e um coreano são culturas e etnias completamente distintas e que mesmo em pleno século XXI ainda são motivos de olhares tortos, piadas e preconceito.


CIÊNCIA X AMOR
Natasha é cética, prática e objetiva. Não acredita que o amor seja mais do que algumas células reagindo em nosso corpo. Não tem sonhos e nem acredita que haja esperança, apenas objetivos e estatísticas.
Daniel é poeta, gosta do que os sentimentos são capazes de fazer, gosta de escrever sobre eles e acredita na vida, na beleza dela.


"Ninguém quer acreditar que a vida é aleatória. meu pai diz que não sabe de onde vem meu ceticismo; mas não sou cética. Sou realista. É melhor ver a vida como ela é, e não como a gente quer que seja. As coisas não acontecem por algum motivo. Simplesmente acontecem."

FAMÍLIA
Todo mundo sabe que na maioria das vezes a família é sinônimo de divergências, brigas e discussões. Todo mundo parte o coração de todo mundo, inúmeras vezes e os filhos são em sua maioria, o resultado daquilo que cresceram vendo.

Natasha está chateada com o pai, mesmo antes dele fazer a besteira que causou a deportação deles. Daniel não consegue entender a fixação do pai em querer que ele seja melhor, que ele siga o caminho que o pai acha melhor.
A gente aprende que nem sempre o lado oposto é o monstro que imaginamos, pais também tem sentimentos e erram, muito.

VIDA
No livro cada personagem tem o seu destaque, o seu capítulo e a sua resolução. Sabe aquilo de personagens coadjuvantes, secundários? A Nicola não deixa ninguém sem destino, sem caminho e nós não ficamos sem respostas.

Afinal, não é isso que acontece na vida real? Aquela pessoa que derrubou café na sua roupa, aquele motorista que queimou você na parada de ônibus, o mendigo que te pede sempre um trocado.
TODO MUNDO TEM UMA VIDA e as vezes a gente pode melhorar ou até salvar a vida de alguém sem nem saber.


AMOR
Tem uma frase da autora que provavelmente vai virar uma tatuagem: O AMOR SEMPRE MUDA TUDO.

Eu vou te fazer acreditar nessa frase com apenas 3 perguntas:
- você teria nascido se seus pais não tivessem se apaixonado/ficado?
- as escolhas que seus pais/responsáveis fizeram pra sua vida te tornaram o que você é hoje?
- quando você faz uma escolha, você renuncia algo por alguém, seja por você mesmo ou por outra pessoa.


Então, de uma maneira geral, é claro que o amor (por você mesmo ou por outro) sempre muda tudo e muda o tempo todo. ISSO É TÃO ÓBVIO. Mas no contexto do livro foi a coisa mais incrível que eu já li.

Eu poderia enumerar várias outras coisas e ainda assim, não seriam suficientes, porque o livro é tão abrangente, ele gera tantas reflexões e sentimentos individuais que cada leitor vai tirar algo diferente dele, vai se identificar com algo.



Agora que já falei sobre o livro, deixo vocês com uma foto da autora e sua família para que vocês tirem suas próprias conclusões, será que foi uma autobiografia ou só uma inspiração?

Livro cedido em parceria com a editora e ela está ciente que só falamos opiniões sinceras e não somos influenciados só porque recebemos o livro. 
Seja bom ou ruim, nosso compromisso é com você leitor, que merece saber a verdade sobre o que sentimos lendo.

Você vai gostar de ler também...

21 comentários

  1. Primeiramente que capa mais linda! Eu estou apaixonada por essa capa. Amei a resenha e quero muuuuuuuuuito MUUUUUITO ler o livro!

    ResponderExcluir
  2. Oi, muito bom ler um livro que nos ensina tantas coisas e o mais legal disso tudo é algum perceber a mensagem e expressar nos mínimos detalhes, obrigada pela dica e parabéns por ser tão sensível à leitura. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn obrigada *-* eu adoro livros que fazem a gente refletir.

      Excluir
  3. Nicola e seus livros incríveis que nos dão uma série de ensinamentos.
    Curti demais saber que o livro fala de racismo num geral. Namorei um mulato por dois anos, as pessoas olham a gente estranho e eu odiava isso.
    Estou com o livro em casa, logo quero ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Helena, espero que goste da leitura. :)

      Excluir
  4. Confesso que não conheço o trabalho da autora, mas gosto de livros assim, que aborda, temas a qual estamos sempre vivenciando. De alguma forma isso torna a leitura mais real pra mim. Achei muito fofa a foto dela com sua família ♡ de fato parece até que ela se inspirou em seu próprio mundo e suas próprias experiências ^^ espero ter a chance de conhecer o trabalho dela! Parabéns pela postagem!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada *-* tb acho que ela se inspirou e temas do cotidiano são sempre ótimos.

      Excluir
  5. Menina! Que resenha incrível!
    Eu já tinha lido qualquer coisa sobre o livro na internet e a capa , título e bons comentários já tinha me chamado a atenção.
    Mas agora que sei que aborda questões da nossa realidade me empolguei ainda mais e acho que a autora se inspirou em fatos vivenciados por ela com certeza! rs
    Vou ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn obrigaadaaa! \o espero que goste tb é um livro amorzinho demais!

      Excluir
  6. Olá!
    Se eu já queria ler O sol também é uma estrela antes, agora, após ler seu post, quero mais ainda.
    Adorei todos os motivos que você destacou. A obra parece ótima e acho que tem tudo para me agradar.
    Ótimo post!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeee \o lê ele sim, certeza que vai gostar *-*

      Excluir
  7. parece ser um livro que traz realmente importantes questionamentos... li outro da autora e curti sua escrita, leria esse de boas... a unica coisa que não gostei muito foi a capa dele xD
    bjs, Yara :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi meu primeira dela e agora tô querendo o outro *-*

      Excluir
  8. Eu ganhei o livro e ele está aqui na minha cabeceira esperando sua vez. Seus levantamentos só deixam a leitura ainda mais interessante, e que lida a foto da família, amei.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Família mais linda né? *-* maravilhoso ver que pode ser inspirado na vida dela.

      Excluir
  9. Olá, O livro aborda temas que nos levam a importantes reflexões e ver a imagem da família da autora ao final fez com que eu quisesse ler o livro mais ainda. Adorei. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Desde quando eu li uma resenha sobre esse livro, fiquei encantada por ele.
    E agora sabendo de todas essas coisas que podemos aprender com ele, gostei mais ainda. Espero ter ele em breve na minha estante.

    ResponderExcluir
  11. Vamos aprender como suas fotos são lindas também né gata? kkk arrasou vyada! Não sabia que o livro essa questão das etnias e raças, gosto assim, livro problematizador <3

    ResponderExcluir
  12. Tô doida pra ler esse livro, to vendo todo mundo falar muito bem. Adorei o post, beijos

    ResponderExcluir
  13. Oii,
    Apesar de não conhecer o trabalho da autora fiquei curiosa. A resenha está incrível.
    Beijos
    www.geeklegend.com.br

    ResponderExcluir