(Quase) Resenha: A Casa do Lago - Editora Arqueiro


A Casa do Lago escrito pela Kate Morton foi um dos lançamentos do primeiro semestre de 2017 da Editora Arqueiro e foi um livro que apesar de uma edição incrivelmente maravilhosa, não conquistou meu coração e acabei abandonando a leitura.

O livro alterna presente e passado, a década de 30 e 2003, sendo o primeiro contado pela Alice, uma jovem da família Edevane que passa boa parte do seu tempo escrevendo histórias. E é nessa época que ocorre o desaparecimento de um bebê, filho mais novo dessa família.


"Não havia ninguém a quem ela pudesse contar, nenhuma forma de conertar aquilo, nenhuma chance de um dia a perdoarem. A única saída era enterrar a prova."

Em 2003, a detetive Sadie acaba se envolvendo e investigando o caso do desaparecimento do bebê Edevane, que mesmo depois de setenta anos nunca foi solucionado. E assim se passa toda a história do livro, somos apresentados a avanços da investigação da Sadie e ao mesmo tempo vemos relatos do passado pela visão da Alice.


"Ela era escritora. Entendia as pessoas; conhecia a vulnerabilidade quando a via."

Esse livro tinha tudo pra ser um dos meus favoritos, afinal vocês sabem que eu amo uma investigação policial, mas a Kate Mordon é extremamente detalhista e isso me incomodou muito. 

O livro tem quase 500 páginas e eu sentia que a história não andava, não se desenvolvia e fui perdendo o interesse completamente. Percebam que ele foi lançamento de Junho e eu só consegui soltar essa quase resenha agora, porque realmente eu tentei ler, e muito. Mas, as vezes não dá mesmo.


"Sadie sempre correra sozinha. Fazia isso desde muito antes de o caso Bailey estourar e sua vida em Londres desmoronar."

Ela detalha cada acontecimento do livro e cada personagem de uma forma exaustiva, e quando a gente acha que estava pegando a linha de raciocínio desse crime, ela mudava tudo, e eu realmente acabei abandonando por não conseguir me apegar nem aos personagens e nem a história.


"Nunca faça uma promessa se não estiver pronto para cumpri-la."

Li algumas resenhas, e a maioria delas fala que esse livro ou você ama ou você odeia, eu não odiei, até porque para isso teria que ter lido até o final, não é mesmo? Eu quero que vocês me digam o que acharam da leitura dele!

4 comentários

  1. Glorifica senhor, pois a resenha saiu. Uma pena mesmo que o livro não fluiu para você amore. Você não anda tendo sorte esse ano heim. Mas opinião sincera é tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. eu ate gostei da história amiga mas não curto mt livro que tem enrolação, uma pena mesmo esse ter sido assim, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é amiga, tava esperançosa, mas não rolou.

      Excluir