Resenha | Stephen King Coração Assombrado - Biografia | Darkside Books

by - segunda-feira, janeiro 22, 2018


Stephen King é um dos (e se não o maior) autor de terror e ficção das últimas décadas, suas obras ganharam diversas adaptações para o cinema e televisão.

Seus livros ocupam a lista dos mais vendidos há muitos anos, ele tem mais de 300 milhões de livros vendidos e já ganhou mais de 50 prêmios por suas obras.


Eu, particularmente, não sou fã do autor (PASMEM), pelo menos os livros que li dele, sempre me deixaram muito confusa no final, talvez eu realmente não consiga entender a mente do autor. Então, quando recebi a biografia Coração Assombrado da parceira, Darkside Books vi a oportunidade de tentar entender um pouco sobre o autor e suas obras, e quem sabe mudar minha opinião sobre ele.


Trata-se de uma biografia, escrita após uma intensa pesquisa e investigação na vida do King, desde seu nascimento até os dias de hoje. A Lisa Rogak consegue trazer pro leitor desde as primeiras páginas logo o que ele pode esperar desse livro, que é conhecer o passado por trás desse ícone. Somos levados a descobrir, alguns motivos pelos quais o King escreve terror, escreve sobre medo e pelo menos na minha opinião, foi uma forma muito bonita do leitor perceber que é na infância que definimos quem vamos ser.


Os hábitos infantis do King, acabaram desenvolvendo a mente que ele tem hoje, e eu não deixei de me perguntar, se ele não tivesse tido incentivo, se ele seria o leitor e autor que ele é hoje. E nisso, a mãe dele teve um papel muito importante.

Por isso, separei 10 coisas sobre o livro, o King e sua infância:

1. Stephen King escreve sobre seus medos.
2. Coração Assombrado trata-se de uma biografia não autorizada.
3.  O nome do livro Coração Assombrado remete aos traumas de infância na vida do King.
4. O maior trauma da vida do King foi o abandono do pai.
5. A mãe do King era estéril, adotou um filho e dois anos depois acabou ficando grávida, e o King nasceu.


6. O pai do King abandonou a família quando ele tinha apenas 2 anos de idade.
7. King teve uma infância muito difícil e por isso foi uma criança repleta de medos, ele se assustava com tudo, desde pequenos animais a ter pesadelos.
8. A mãe do King pagava 25 centavos de dólar por cada história que ele escrevia, como forma de incentivo ao filho.
9. Escrever ajudava King a sobreviver a infância repleta de pobreza e instabilidade, afinal era apenas a mãe que trabalhava para sustentar os dois filhos.
10. Ainda criança King escrevia história de terror e vendia no colégio, incentivado pela mãe.


A biografia perpassa por todas as etapas de vida do King, infância, adolescência e fase adulta conturbada, o autor casou-se com Thabita ainda no período de faculdade em 1971 e ambos continuam juntos até hoje. Eles possuem 3 filhos, sendo Joe Hill autor de livros de terror e ficção, assim como o pai.


Como eu não era fã do autor, eu não esperava por mais detalhes, sendo assim, não achei a biografia superficial, na verdade ela foi bem escrita e não deixa o leitor cansado em momento nenhum, o que acaba deixando a leitura fluída e rápida. O leitor vai descobrir em que momentos da vida o King escreveu suas obras, o que as drogas e o álcool fizeram com a vida dele e como ele conseguiu "superar" todas as fases.


A Darkside Books relançou o livro no segundo semestre de 2017, e em uma edição totalmente diferente da primeira para comemorar os 70 anos do autor, e que traz pro leitor uma nova sensação ao manusear a obra. Os parceiros receberam esse kit maravilhoso inspirado na obra mais famosa do autor, e que inclusive teve um filme lançado no mesmo período: It - A Coisa.


Já viu essas postagens?

0 comentários